http://folhanewsletter.blogspot.com.br

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Dinheiro e Felicidade

17:15 By Robson Gestor Empresarial , , 1 comment

Dinheiro traz felicidade?

Lembrando-me de posts anteriores, lembro-me de um no qual postei que muitas pessoas associa dinheiro a prazer imediato. Mas e a felicidade?

Muitas das coisas que já ouvi com relação ao dinheiro não são verdadeiras. Opto por adotar novas formas de pensar que contribuam para minha felicidade auxiliada ao meu sucesso.

Pergunto-lhes qual o comportamento dos seus pais com relação as finanças? Eles cuidavam bem do dinheiro? Vocês tinham dinheiro frequentemente? Sempre que pedia, eles sediam? O dinheiro vinha com facilidade ou era suado? Era fonte de felicidade ou de enumeras discursões?

Com essas informações definidas e estabilizadas, vocês terão as respostas para minhas perguntas.

Robson não entende aonde quer chegar? É simples.

Quando crianças, aprendemos quase tudo a partir dos exemplos que nos dão. Condicionalmente iremos seguir as instruções desde pequenos, por ser uma crença ou algo do tipo: meu filho vai ser aquilo que eu não conseguir ser; ou meu filho vai ser igual a mim.

Posso dizer que fluir praticamente assim na maioria das pessoas, pois os filhos seguem os exemplos dos pais.

Se você não cuida bem de suas finanças, ou vive brigando por conta de dinheiro. Seu filho terá uma grande chance de ser do mesmo jeito.

Eu disse que os filhos tende a se identificar com os pais, na grande maioria, mas há quem acabe se tornando exatamente o oposto deles. Por que isso? Talvez as palavras raiva e felicidade tenham haver com essa história. Depende do quando o garoto (a) se irritava com os pais ou sentia felicidade.

Já ouvi histórias de adolescentes que discutem com os pais: “não gosto de como vocês lidam com o dinheiro”. Por isso quando for adulto, vou agir diferente.

Quando a situação financeira estar ruim na família normalmente agimos assim: “jamais serei como eles, quando crescer serei rico”

Essa situação é bem comum em famílias pobres, sentem raiva pela situação. Em geral elas vão à luta e enriquecem, ou tem pelo menos, um grande impulso de enriquecer. Mas conseguem apenas o sustento ou uma vida confortável.

Agora vejamos nosso título do texto: Dinheiro e Felicidade. Dinheiro traz felicidade.

Seria hipócrita de minha parte se eu dissesse que não. Porém ele tem que estar associado ao seu interior, o seu bem estar espiritual.   

Depois de lermos todo esse texto é notável ver que tudo depende de suas crenças, seus princípios, suas metas e seus objetivos.

Dinheiro e raiva tornam-se entidades associadas na sua mente: se você só quer ficar rico para se vingar de uma situação ou acontecimento do passado, então quanto mais dinheiro você tiver, mais enraivecidas ficam.

Se você quer ficar rico por ter uma meta e um objetivo nessa vida. Você vai os stress da sua missão em ser rico, mas terá felicidade por estar fazendo algo em que lhe dará prazer e empolgação.

A sua razão, ou motivação, para enriquecer ou fazer sucesso é crucial. Se ela possui uma raiz negativa, como o medo, a raiva ou a necessidade de provar a si mesmo, o dinheiro nunca lhe trará felicidade.

Sucesso e boa reflexão.



Robson C. De Menezes - Editor do Conteúdo


Postar um comentário
* Você concorda com o que está escrito?
* A sua opinião é muito importante, participe;
* Todos os comentários serão devidamente respondidos.

 

1 comentários :

  1. O dinheiro não é tudo! mas é quase tudo. Seu post ta showwww

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...