http://folhanewsletter.blogspot.com.br

domingo, 25 de setembro de 2011

A vida é um jogo

Foto: http://www.sxc.hu/
Antigamente a programação de TV se encerrava à meia-noite e nos finais de semana tínhamos o Corujão para embalar nossas noites de insônia. Mas, além da televisão eu ocupava minhas noites jogando “buraco” com uma tia que tinha dificuldades para dormir, mas eu por outro lado queria era ficar acordada de propósito só para conversar com ela e ouvir suas histórias.
Entre uma partida e outra ela falava sobre a vida, suas experiências e pelo que me lembro nunca ganhei um jogo de buraco, mas ganhei caráter, senso de gratidão, aprendi que você é responsável por tudo o que cativas e que o essencial é invisível aos olhos, frases que ela leu em O pequeno príncipe, seu livro preferido.
Ainda lembro das cartas sobre o tapete da sala e a televisão fora do ar. Cada rei, valete, copas, damas, espadas, “morto” ou seja lá o que for significava uma etapa de nossas vidas. Podemos nos sentir como reis em um momento e ao virar a página do dia, estamos mortos.
Mas, não somente demos as cartas naquelas madrugadas como também jogávamos dominó às vezes. Quando as peças combinavam ela dizia que o universo conspirava a nosso favor por meio das escolhas corretas e até se jogasse errado valeria pontos na vida, pois assim ganhava experiência.
Foi naquelas madrugadas que aprendi o jogo da vida e entendi que Deus está nos detalhes, seja uma lágrima que escorre ou em uma carta sobre a mesa, mas no final das contas a escolha é sua.

Por Danielle Meniche Cruz

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...