http://folhanewsletter.blogspot.com.br

sábado, 31 de março de 2012

Nada de briga na frente das crianças

Segure a onda e evite bate-boca na frente dos filhos

Casal que é casal briga, discute e muitas vezes até ficam sem se falar por algumas horinhas. Diferentemente de uma briga de namorados, onde o desentendimento se resolve por si só e ninguém se mete. Mas quando são casados e tem filhos, a coisa muda totalmente de figura.


Foto: Thinkstock


Para os filhos, ver os pais de mãos dadas é lindo e tranquilizador. Mas sabemos que nem sempre isso acontece, e que brigas e discussões acontecem muito numa relação. Quando isso acontecer, é preciso deixar claro para as crianças que discutir não é brigar.

As discussões podem ser saudáveis. Debates entre o casal pode ser até interessante para que o filho perceba que existem pontos de vista diferentes sobre o mesmo tema.

Quando rolar uma briga ou uma discussão mais forte, não exagere e pense no seu filho. Cuidado com palavras, gestos e tom de voz. Elas podem sinalizar hostilidade. As brigas sempre geram estresse elevado que afeta a criança. E fiquem ligados porque crianças convivem com amigos de pais separados e, uma briga feia, pode significar na cabeça delas que os pais vão se separar.

Então tente não brigar na frente delas. Mas, se for inevitável, não baixe o nível.

Muitas brigas na família levam às inseguranças, ao medo e ao enfraquecimento do respeito e do amor ao outro. Ou seja, tenha muito cuidado nessa hora e evite a presença dos filhos nestes momentos tão delicados.

Saiba mais sobre este assunto no Blog Filadélfia

Por Folha Newsletter do jornal Expresso-RJ

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...