http://folhanewsletter.blogspot.com.br

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Conheça as maravilhas do Reino Unido

12:00 By Folha Newsletter , No comments

Fuja dos destinos turísticos comuns e desvende outras regiões do Reino Unido

Cardiff é a capital mais nova da Europa. Há um século era o porto mais ocupado de carvão no mundo. Hoje, as antigas docas têm sido transformadas em um complexo de restaurantes e atrações aos visitantes. Os museus, teatros e lojas proeminentes significam, o ano todo, diversão e entretenimento. Além disso, seus 330 parques e jardins colocam Cardiff entre as cidades mais verdes do Reino Unido.


Como na grande maioria das localidades da Europa, o clima levemente frio também é predominante em Cardiff. É raro que os termômetros indiquem menos de -15 °C e mais de 25 °C.

Cardiff é servida por seu próprio aeroporto internacional, com vôos diretos e regulares dos destinos britânicos e europeus. O transporte público dentro da cidade conta com o nacional expresso, que opera muitos serviços luxuosos do ônibus a Cardiff das cidades de todo o Reino Unido. Existem rotas dos metro-buses (ônibus que levam às estações de trem) e contam com linhas que cobrem toda a cidade.

Os trens interCity de alta velocidade podem levá-lo a qualquer lugar de Cardiff. As estradas de ferro regionais operam os trens air-conditioned diretos de Birmigham, Manchester, Liverpool, Nottingham, Bristol, Southampton, Exeter, Torbay, Portsmouth e Bath até Cardiff.


Próxima parada: Cardiff

Conhecido ao redor do mundo muito mais por sua associação com a família real britânica — o herdeiro ao trono tradicionalmente recebe o título de príncipe local -, Gales é um dos países que compõem o Reino Unido, com direito a uma rica herança cultural expressada não somente pelo fato de o ser oficialmente bilíngue (sinais públicos, por exemplo, são escritos em inglês e galês e é bastante comum escutar conversas, mesmo entre os mais jovens, no idioma original). Embora sob domínio inglês desde o século 13, Gales conta com uma forte identidade nacional, sobretudo por ter muito mais em comum com a cultura celta que saxônica.

Cardiff, a capital galesa e décima maior cidade do Reino Unido, é o ponto de partida para uma jornada de descobrimento de uma rotina bem diferente de cidades inglesas, apesar das similaridades cotidianas. Com uma história de quase 2 mil anos, Cardiff tem desde ruínas romanas a um castelo . Mas figura entre os dez mais populares destinos britânicos também por conta de aspectos mais modernos: conta com uma prestigiada universidade, uma senhora casa de espetáculos (o Millennium Centre) e um estádio (também chamado Millennium) que durante quase uma década foi o centro da vida esportiva britânica por conta da longa obra de reconstrução de Wembley.

Uma visita a Cardiff tem que começar pelo Museu Histórico Nacional: não apenas por ser um dos principais museus ao ar livre da Europa: consta de pelo menos 40 prédios, originais ou reconstruídos, representando a história e a tradição galesas - o que inclui um castelo do século 16. A entrada é franca e o museu está no percurso de uma série de linhas de ônibus partindo do centro, incluindo a linha 5 dos famosos ônibus turísticos (preços a partir de R$ 30 para um tíquete adulto 24 horas).

Outro castelo famoso é o Cardiff Castle. Local que serviu de base para guarnições romanas e mesmo uma fortaleza normanda, hoje o castelo oferece desde visitas guiadas pro salões suntuosos até um senhor gramado em que se pode fazer piqueniques. A entrada custa cerca de R$33 para adultos e R$ 27 para crianças.

A Baía de Cardiff é outro ponto crucial para qualquer roteiro. Não apenas por abrigar o Millenium Centre, o centro de artes cênicas com sua arrojada fachada que saúda os visitantes, como por também contar com uma série de lojas e restaurantes, além de hotéis. Trata-se de um local também imerso em história: foi de lá que, em 1910, partiu a notoriamente malsucedida expedição do capitão Scott, cuja dramática jornada ao Polo Sul terminou com morte e frustração (ele perdeu a corrida para o explorador norueguês Roald Amundsen).

Castelo de Cardiff


Castell Coch (Castelo Vermelho) | Foto: www.flickr.com/photos/algenon_iii


Pontos turísticos

Castelo de Cardiff e Castell Coch (o Castelo Vermelho): Ambos os castelos são pontos turísticos muito famosos em Cardiff. Além disso, são marcos da arquitetura gótica do século XIX.
Salão de St. David: Assistir aos concertos orquestrais, clássicos de rock e jazz no salão de St. David pode ser uma excelente opção de entretenimento musical.
Cardiff Bay: Os edifícios Vitorianos situados na baía de Cardiff foram transformados em restaurantes finos, clubes e lojas de grife localizadas ao lado de um lago tornando o lugar agradável para passar tanto o dia como a noite.

Cardiff Bay


Esportes

Os esportes mais populares de Cardiff são o rugby, o futebol e o cricket, a cidade abriga o time de rugby Cardiff Blues que disputa a Celtic League, o principal time de futebol é o Cardiff City FC.

Mas para os interessados em compras, o destino tem mesmo de ser as galerias comerciais Victoria e Edwardian. Trata-se de um verdadeiro labirinto de lojas, que inclui diversos entrepostos para a compra de souvenires — invariavelmente, as lembranças giram em torno de símbolos locais como o carneiro (a pecuária ovina é uma das principais atividades econômicas de Gales) e o dragão vermelho estampado na bandeira do país.

Carne de carneiro é obviamente presença constante na culinária galesa. Porém, pratos como o Tatws Pum Munud (cozido de batatas, legumes e bacon) e o laverbread (pasta de algas conhecida como o caviar galês) também são famoso exemplos da cozinha do país. Para uma experiência temática que inclui garçons vestidos em roupas típicas tradicionais, a pedida é o Sosban Fach (pequeno caldeirão em galês, também o nome de uma tradicional canção folclórica), em Cardiff Bay. O restaurante é famoso por sua sopa de cordeiro e vegetais e uma lasanha de caranguejos. Fica em 20 James Street, com preços variando entre R$ 36 e R$ 50 por pratos principais.

Já o Millenium Stadium fica a apenas cinco minutos de caminhada da estação ferroviária de Glasgow Central. O estádio oferece visitas, de segunda a domingo, entre 10h e 16h, com exceção de dias de jogos e do período olímpico. Os ingressos custam cerca de R$ 25 para adultos e R$ 15 para crianças e adolescentes.

Partindo de Londres, é fácil chegar a Cardiff. A viagem de trem entre Paddington e Cardiff Central leva cerca de duas horas, com passagens de ida e volta custando a partir de R$ 100. De ônibus, a viagem sai bem mais barata (menos de R$ 25, se comprada com antecedência), mas pode levar o dobro do tempo.
É possível chegar a Cardiff também pelo mar. Para aqueles que viajam da Europa continental, há vastas opções de pontos de entrada ao Reino Unido, todos servidos por muitas companhias de balsa. Os 'Ferry Boats´ estão interligados por um sistema nacional de motorway, grandes rodovias, para fornecer o acesso rápido e fácil a Cardiff.

Adptado por Folha Newsltetter com texto de Fernando Duarte | Visit Britain - Se você está planejando passar férias no Reino Unido, procurando hotéis por lá, ou simplesmente obter informações turísticas e eventos, Visit Britain tem tudo que você precisa

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...