http://folhanewsletter.blogspot.com.br

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Surras podem causar problemas mentais


Reprodução


Crianças que apanham têm mais chances de terem problemas com álcool e drogas.

Estudo alerta que é melhor educar as crianças sem agressões físicas.

Crianças que levam surra têm mais chance de desenvolverem doenças mentais, transtorno de humor, ansiedade e problemas com álcool e drogas. É o que revela um estudo feito por canadenses.

Mais de 600 adultos dos Estados Unidos foram avaliados durante a pesquisa.
Uma parte dos entrevistados que apanhavam quando criança sofriam de depressão, ansiedade, transtorno bipolar, anorexia ou bulimia, o que pode ser atribuído aos castigos na infância.
Outros tinham problemas mais sérios, incluindo transtornos de personalidade, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e dificuldades de raciocínio.

O estudo é importante porque sugere uma reflexão sobre a paternidade - diz Victor Fornari, diretor do Sistema Único de Saúde Judaica de North Shore-Long Island, em Nova York.

A pesquisa atual exclui abuso sexual e qualquer abuso físico que deixe hematomas, cicatrizes ou ferimentos. Em vez disso, analisa outros castigos físicos, como empurrões, tapas ou palmadas.
Os pesquisadores destacaram que o estudo não pode garantir que os castigos físicos tenham sido a causa das doenças em alguns adultos, e sim que há uma ligação entre as lembranças relacionadas a essas punições e uma maior incidência de problemas mentais.

Os pesquisadores destacaram que o estudo não pode garantir que os castigos físicos tenham sido a causa das doenças em alguns adultos, e sim que há uma ligação entre as lembranças relacionadas a essas punições e uma maior incidência de problemas mentais.

Leia tambem: A Palmada Pedagógica e a Cultura da Violência

Do jornal Expresso-RJ

1 comentários :

  1. Sou totalmente contra surras ou qualquer tipo de violência contra crianças. As pessoas num modo geral deveriam se empenhar mais em evitar que crianças sejam maltratadas. Penso que teríamos adultos mais felizes e menos propenso a doenças.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...