http://folhanewsletter.blogspot.com.br

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Clássico da literatura francesa sobre Martinho Lutero

14:46 By Folha Newsletter , No comments

Em Martinho Lutero, um destino, o historiador francês Lucien Debvre realiza uma “biografia total” do fervoroso monge agostiniano, reconstituindo passo a passo sua trajetória.

Martinho Lutero (1483 – 1546) se destacou no período em que viveu por ter se insurgido contra a Igreja Católica. Com isso, foi excomungado e viveu um longo período de revoluções – religiosa, social e política.

Na obra, o autor examina as ideias de Lutero e os conflitos que levaram à crise do catolicismo, à criação do luteranismo e à fundação da Europa moderna.

“Provocativa desde o título, a obra convida o leitor a refletir sobre a ideia de que o destino acaba por marcar poderosamente os sentidos e significados que um nome é capaz de receber em sua época e também depois dela”, explicou Ricardo Alexandre Ferreira, historiador da Unesp.

Adquira o livro Martinho Lutero, um destino

Martinho Lutero, foi um sacerdote católico agostiniano e professor de teologia germânico que foi figura central da Reforma Protestante. Que ficando contra os conceitos da Igreja Católica veementemente contestando a alegação de que a liberdade da punição de Deus sobre o pecado poderia ser comprada, confrontou o vendedor de indulgências Johann Tetzel com suas 95 Teses em 1517. Sua recusa em retirar seus escritos a pedido do Papa Leão X em 1520 e do Imperador Carlos V na Dieta de Worms em 1521 resultou em sua excomunhão pelo papa e a condenação como um fora-da-lei pelo imperador do Sacro Império Romano.

Lutero ensinava que a salvação não se consegue apenas com boas ações, mas é um livre presente de Deus, recebida apenas pela graça, através da fé em Jesus como único redentor do pecador. Sua teologia desafiou a autoridade papal na Igreja Católica Romana, pois ele ensinava que a Bíblia é a única fonte de conhecimento divinamente revelada e opôs-se ao sacerdotalismo, por considerar todos os cristãos batizados como um sacerdócio santo. Aqueles que se identificavam com os ensinamentos de Lutero eram chamados luteranos.

Sua tradução da Bíblia para o alemão, que não o latim fez o livro mais acessível, causando um impacto gigantesco na Igreja e na cultura alemã. Promoveu um desenvolvimento de uma versão padrão da língua alemã, adicionando vários princípios à arte de traduzir, e influenciou a tradução para o inglês da Bíblia do Rei James. Seus hinos influenciaram o desenvolvimento do ato de cantar em igrejas. Seu casamento com Catarina von Bora estabeleceu um modelo para a prática do casamento clerical, permitindo o matrimônio de padres protestantes.

Em seus últimos anos, Lutero tornou-se algo antissemita, chegando a escrever que as casas judaicas deveriam ser destruídas, e suas sinagogas queimadas, dinheiro confiscado e liberdade cerceada. Essas afirmações fizeram de Lutero uma figura controversa entre muitos historiadores e estudiosos.

Veja biografia completa em: Martinho Lutero

Por Folha Newsletter

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...