http://folhanewsletter.blogspot.com.br

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Mitos e verdades sobre os demônios

17:30 By Folha Newsletter , No comments

Demônio é, segundo a mitologia cristã, um anjo que se rebelou contra Deus e que passou a lutar pela perdição da humanidade. Na antiguidade, contudo, o termo tinha outra conotação, referia-se a um gênio que inspirava os indivíduos tanto para o bem quanto para o mal.

Nos contextos judaico e islâmico, a ideia é diversa, até porque não se trata de um ente opositor ao Criador, mas de algumas criaturas a Ele subalterna. Na cércea do primeiro contexto, refere-se a um ser imperfeito que foi formado no sexto dia da Criação. Para o segundo, os demônios, ou jiin, são seres que coexistem com os seres humanos, dotados de livre-arbítrio, que são chefiados por Iblis


Tudo que ouvimos são diversas lendas abertas e muitos os colocam em um único plano (todos são o diabo). Então a maneira mais fácil de definir uma hierarquia seria definir a raça deles:

As primeiras raças que podemos considerar é a dos Succubus e Incubus. As succubus são belos demônios femininos com o poder de sedução, assumem a formas de belas mulheres com o objetivo de levar os homens a perdição. Os incubus são a mesma coisa, só que na versão masculina. Há referencia aos succubus até nas lendas indianas. Kalkata seria um demônio que adorava se adornar de perolas, ela conquistava inúmeros seguidores com falsos milagres, com um voz mansa e uma beleza inegável. Seus seguidores eram capazes de fazer loucuras por ela.



Suuccubus

Confira: A lenda da demoníaca Succubus

Quem nunca assistiu ou pelo menos ouviu falar sobre o filme Gremlins?
Pois é, o que acontece é que gremlins é a denominação para uma raça de demônios de baixa patente. Gostam do caos, causam grandes estragos com pequenas interferências, alguns dizem que todo grande desastre relacionado com falha mecânica tem a mão dessas criaturinhas por trás. Tem o poder de interferir mas, diferente da maioria, não podem possuir corpos humanos. Claro que são espirituais, mas lendas dizem que a aparência deles é de homenzinhos cabeçudos 15 cm de altura e roupa em farrapos.

Imps são demônios pouco mencionados mas muito comuns. São da horda de pura fúria cuja lema é simples: Mate e roube sua alma. Irracionais e sanguinários eles destroem tudo que vêem pela frente. Sua aparência é de um quadrupede grande, escamado, com asas, chifres e rabo.

Gárgulas possuem uma aparência característica e bem comum (acredito eu). Todos conhecemos a sua figura amedrontadora ornando alguns prédios em algum filme ou seriado. O que não sabemos é de sua característica leal e controlada, sendo perfeitos guardiões ou guarda-costas.

Uma das raças mais comuns existentes hoje é dos Perdidos. Ex-humanos que perderam sua humanidade com a tortura infernal. O conceito de inferno é divergente, mas vamos adotar que o inferno seja uma prisão imortal de puro ódio, sofrimento, dor e trevas. Seria uma prisão cuja porcentagem de presos recuperados seja zero. Aquele que vai para o inferno pouco a pouco perde sua humanidade e o que resta de bom vai se extinguindo, e pouco a pouco ele se torna uma demônio, um Perdido.
(Agora eu fico imaginando… que tipo de demônio Hitler se transformou? Aposto que ele foi capaz de superar o próprio Lúcifer)

Já que falamos dos perdidos e mencionamos os humanos que vão para o inferno, surge uma questão: Quem leva a alma dos pecadores para o inferno?
A resposta é simples, os Espectros tem essa tarefa. São eles os coletores, os únicos demônios com o direito total de transitar entre os mundos. Sombras vivas de puro sofrimento e frieza. Não podem interferir em nosso mundo ou possuir humanos, mas essas criaturas não fazem distinção daqueles que eles caçam com aqueles que meramente atravessam seu caminho. Sua mera presença é capaz de causar medo e sofrimento aos corações mais frágeis.

E agora podemos finalmente falar da raça mais poderosa, com a patente mais alta: os Caídos. Antigos anjos que se rebelaram e foram jogados no inferno. São poderosos, antigos e safos. Seu líder é Lúcifer, mas existem muitos outros representantes famosos, tais como Azazel e Samael.



Samael

Existem muitas outras raças e denominações (como o Archeri, um demônio que assume a forma de uma menininha ou os Geans, demônios árabes que concedem desejos deturpados gênios). Mas por enquanto vou mencionar só esses.


Esta é uma lista de alguns demônios de A a Z.

Aaba - Demônio fêmea, de beleza irresistível, com capacidade de poder se apresentar como mulher e seduzir quem bem desejasse. Contudo, curiosamente, era incapaz de presenciar derramamento de sangue.
Abigor - Também conhecido como Eligor ou Eligos, é um Grande Duque do Inferno, regendo 60 legiões de demônios.
Abraxas - Abraxas, segundo o Gnosticismo, já foi considerado um deus egípcio e um demônio. Ele incorporava o Bem e o Mal.
Alastor - Demônio da vingança e do crime.
Asmodeus - Demônio da mitologia judaica, considerado um dos cinco príncipes do inferno abaixo de Lúcifer. É o demônio regente do sexo e da luxúria.
Astaroth - Grão duque do Inferno que seduz as pessoas por meio da beleza, da vaidade e filosofias racionalistas.
Azazel - Dizem que esse demônio instruiu aos homens a criarem armas de guerra.
Azucrim - Entidade diabólica e molesta; Diabo.

Baphomet - Demônio hermafrodita com cabeça de bode e longos chifres, supostamente adorado pelos Templários de acordo com o Rei Filipe IV de França e com apoio do Papa Clemente V, com o intuito de desmoralizar a Ordem do Templo.
Belial - Personagem da mitologia cananita conhecido também por Beliel, adversário do povo "escolhido". Belial é mencionado também no novo testamento como o oposto da luz, do bem e de Jesus Cristo. Seria o mais importante demônio na Terra, que comandava as forças da escuridão contra os "filhos da luz" que serviam Satã.
Belzebu - Deformação do nome de uma divindade filistéia ou cananéia, Baal Zebub ou Baal Zebulou, príncipe dos demônios, senhor das moscas e da pestilência.
Baal - Baal (às vezes também escrito como Bael) é um dos sete príncipes do Inferno. Ele é amplamente mencionado no Antigo Testamento, como o principal ídolo pagão dos fenícios, frequentemente associada com a deusa pagã Astarté. A princípio, porém, Baal ("Senhor", "Mestre") era um título honorífico utilizado para vários deuses que eram adorados nas cidades no Levante, cognato ao acadiano Belu.



Cérbero

Caim - Irmão de Abel (filho de Adão e Eva), é considerado por alguns religiosos, demônio por ter matado seu irmão por conta da inveja, tendo visto o mesmo como 'preferido' de Deus.
Cerberus - Na mitologia grega, Cérbero era um monstruoso cão de múltiplas cabeças e cobras ao redor do pescoço que guardava a entrada do Hades, o reino subterrâneo dos mortos, deixando as almas entrarem, mas jamais saírem e despedaçando os mortais que por lá se aventurassem.
Chemosh - Deus nacional de moabitas, mais tarde "demonizado" pela igreja católica. Era conhecido na Antiguidade como "a abominação de Moab".
Cimeries - Também conhecido como Kimaris, segundo a Ars Goetia ele monta um cavalo negro e rege todos os espíritos da África.
Coyote - Deus das travessuras segundo os nativos norte-americanos.
Caramulhão - Um dos demônios do folclore brasileiro. Uma pessoa faz o pacto com o Capeta oferecendo-lhe sua alma, em troca de muita riqueza. Então ela procura um ovo de galinha especial, fecundado na ave pelo próprio Diabo. Daí, a pessoa leva o ovo para casa, e após 40 dias nasce um Diabinho. Pode ser chamado de Caramulhão, Cramulhão, Cramunhão ou Diabinho da Garrafa. É ele quem vai enriquecer seu dono. E no final da vida do mesmo, o Caramulhão leva a sua alma para o Inferno.
Censéu Jonhn - A sombra de lúcifer. Lúcifer queria ser o único por ser egoísta ele retirou sua sombra,hoje a sua sombra persegue todos e da seu abraço e você não dar conta de se mexer nenhum músculo e mexe totalmente seu psicológico e você acaba fazendo pacto com ele.Ele faz isso para ter bastante pacto para ele tentar roubar o trono do Lúcifer.



Demogorgon

Dahaka - Também conhecido como Azhi Dahaka, é um dragão tricéfalo imortal da mitologia persa. Controla as tempestades e trazer doenças.
Diabo - Diabo (do latim diabolus, por sua vez do grego διάβολος, transl. diábolos, "caluniador" ou "acusador") é o título mais comum atribuído à entidade sobrenatural maligna da tradição judaico-cristã. Tratado como a representação do mal, em sua forma original era um anjo serafim, responsável pela guarda celestial, que foi expulso dos Céus por ter criado uma rebelião de anjos contra Deus com o intuito de tomar-lhe o trono.
Demogorgon - O Demogorgon, embora muitas vezes seja pertencente à mitologia grega, na verdade é atribuído a um erudito cristão de 350-400 dC, que o imaginou como o nome de um deus pagão ou demônio, associado com o Submundo e considerado um poderoso ser primordial, cujo nome havia sido tabu.

Enma- O "Grande Rei Yama" em japonês, era o regente e juiz do Inferno nipônico.

Finanbuh - Demônio conhecido por "Piloto da Barca do Inferno", ele é quem leva as almas para o inferno.



Ghoul

Ghoul - O ghoul, ghul ou ainda ghol, é um monstro canibal da mitologia árabe antiga que habita e reside em cemitérios e outros locais inacessíveis. O nome original da criatura é الغول (ghūl), que significa "demônio".
Gorgo - Também escrito como Gorgon, outro nome da Górgona. Seu nome, do grego 'gorgós', quer dizer "terrível".
Guayota - Foi para o Guanche o demônio que morava no interior do Teide.



Hipnos

Haborym - Na demonologia, Aim (também pronunciado Aym or Haborym), é um Grande Duque do Inferno, e tem sob seu comando vinte e seis legiões de demônios..
Hipnos - Deus grego do sono, habita os limites do Mundo Inferior.
Hiyler - Nazista, que matou milhões de pessoas.

Ifrit - Nomes dado a uma classe de Djinni infernais (Djin), notórios por sua grande força e astúcia. É uma enorme criatura alada constituída de fogo, que vive no subsolo e costuma freqüentar ruínas.
Íncubo - Demônio medieval masculino, que se encontra com mulheres dormindo, a fim de ter uma relação sexual com elas.
Iblis - Líder dos jins na mitologia islâmica, associado ao Lúcifer cristão.
Iphtriz - Demônio fêmea que reina num local do Inferno em que as almas que nele estão não têm coração, segundo as lendas portuguesas. Sedutora e manipuladora, Iphtriz é representada com uma serpente em volta do corpo.
Imp - Um demônio pequeno que fica feliz sempre quando acontece alguma desgraça.

Krikoin - Na religião dos esquimós, é o demônio do mal, que persegue os cães que ficam ao lado de fora das casas, nas noites frias.



Conheça a história da tentadora e sedutora Lilith

Lúcifer - O líder dos demônios, príncipe das trevas, foi expulso do céu por ter se rebelado contra Deus. Antes de ser expulso do céu, ele era conhecido como o Anjo da Luz.
Legião - De acordo com a Bíblia, Legião foi o nome pelo qual se identificaram os demônios de um dos dois homens endemoninhados, com quem Jesus se encontrou na região ao Leste do Mar da Galileia (Mateus 8:28-34; Marcos 5:1-20; Lucas 8:26-39). Provavelmente, o seu nome real não seria Legião, visto que isso se referia a estar ele possesso de muitos demônios ou espíritos maus..
Lilith - Lilith é referida na Cabala como a primeira mulher do bíblico Adão, sendo que em uma passagem ela é acusada de ser a serpente que levou Eva a comer o fruto proibido. No folclore popular hebreu medieval, ela é tida como a primeira esposa de Adão, que o abandonou, partindo do Jardim do Éden por causa de uma disputa sobre igualdade dos sexos, chegando depois a ser descrita como um demônio.
Lilin - Nome com que os judeus chamavam os súcubos.
Leviatã - No Satanismo, de acordo com escritor ocultista Anton LaVey, Leviatã representa o elemento Água e a direção do Ocidente. O elemento Água no Satanismo é associado com a vida e a criação, e pode ser representado por um cálice durante o ritual. Na Bíblia Satânica, Leviatã é listado como um dos Quatro Príncipes do Inferno.

Malebranche - Um dos anciãos de Santa Zita! Mergulha-o no pez enquanto volto aquela terra onde abundam criaturas iguais a esta, todas venais, com exceção de Bonturo, habilissimas em, por dinheiro, transformar o sim em não. Condenado afundou, e voltou a tona encurvado, como se de joelhos.
Mammon - Mamom é um termo derivado da Bíblia, usado para descrever as riquezas materiais e a ganância, na maioria das vezes personificado como uma divindade. A própria palavra é uma transliteração da palavra hebraica "Mamom", que significa "dinheiro". Durante a Idade Média, Mammon era comumente personificado como o demônio da avareza, da riqueza e da injustiça.
Mania - Deusa etrusca dos mortos.
Mantus - Divindade infernal dos etruscos, esposo de Mania.
Mara - Personificação da "morte" da vida espiritual, segundo a cosmologia budista. Tentou seduzir o Buda Gautama com a visão de belas mulheres, tidas como suas filhas.
Marduk - Deus supremo de Babilônia.
Mastema - Mastema é o nome de um arqui-demônio que aparece pela primeira vez na literatura israelita do Período do Segundo Templo, como a personificação da palavra hebraica "Mastemah", que significa "ódio", "hostilidade", "inimizade" ou "perseguição".
Melek Taus - Alguns cristãos, muçulmanos e outros identificam Melek Taus como Lúcifer ou Satanás. Os Yazidis têm uma proibição cultural contra proferir a palavra "Satanás". Melek Taus é "Anjo de Deus", e é assim que os Yazidis o vêem.
Mefistófeles - Personagem satânica da Idade Média, conhecida como uma das encarnações do mal, aliado de Lúcifer na captura de almas inocentes. Em muitas culturas também se toma como sinônimo do próprio Diabo.
Metzli - A lua para os astecas.
Mictecacihuatl - Deusa asteca da morte, esposa de Mictlantecuhtli.
Mictlantecuhtli - Deus asteca da morte.
Milcom - Deus dos amonitas, confundido com Moloch.
Moloch - Como alguns outros deuses e demônios encontrada na Bíblia, Moloch aparece como parte da demonologia medieval, como um príncipe do Inferno. Moloch encontra prazer especial em fazer chorar as mães, especializando-se em roubar os seus filhos.
Mormo - Na mitologia grega, Mormo era um espírito malvado com as crianças, companheiro da deusa Hécate. O nome também é utilizado para identificar um vampiro do sexo feminino - como a criatura em histórias contadas às crianças gregas por suas enfermeiras para repreendê-los por mau comportamento. Esta referência é encontrada principalmente em algumas das peças de Aristófanes.
Mefisto - O mesmo que Mefistófeles.

Nahemah - Anjo e súcubo da prostituição, uma das companheiras do demônio Samael na Cabala zoroástrica. Ela é a mãe da adivinhação. Naamah é geralmente considerada filha de Lameque, personagem bíblico, mas o modo como ela se tornou um demônio não é claro. Na Cabala gnóstica, ela é chamada de Nahemah.
Nergal - Deus sumério da guerra e da morte.
Narghó - Demonio Absoluto o que é o mais forte.

Oni - O termo "Oni" é equivalente a "demônio" ou "ogro", porque tais seres da mitologia japonesa podem ser descritos numa variedade grande de entidades.

Pazuzu - Na mitologia suméria, Pazuzu era o rei dos demônios do vento, filho do deus Hanbi. Ele também representava o vento sudoeste, que trazia as tempestades e a estiagem.
Puca - Criatura do folclore celta, nomeadamente da Irlanda, oeste da Escócia e País de Gales. Segundo a lenda, a Puca ("fantasma", no antigo irlandês) é um ser de habilidade mutante, capaz de assumir uma variedade de formas terríveis ou agradáveis, e pode aparecer como um cavalo, coelho, cabra, duende, ou um cão. Mas, independente da forma que ela tome, sua pele é quase sempre escura. É mais comum tem a forma de um cavalo preto lustroso com uma juba fluindo e luminescentes olhos dourados.
Pomba-gira - Entidade Feminina da umbanda e quimbanda na região sul do Brasil. "Representa" a feminilidade, sexualidade e magia dos exus. Não é um demônio mas sim uma alma sem luz desencarnada que trabalha para recebe-la.

Queres - Deusas da mitologia grega associadas à morte violenta. Elas se alimentam dos cadáveres na guerra.

Rimmon - Uma imagem de culto síria, mencionada apenas em 2 Reis 5:18. Na Síria, essa divindade era conhecida como "Baal" ( "O Senhor"); na Assíria era "Ramanu" ( "O Trovejante"). Um dos deuses do panteão sabeísta, isto é, do Reino de Sabá, atual Iêmen, com o nome de Ramman.

Saarecai - Demônio menor que habita os buracos da casa, mas não faz mal a ninguém.
Satanás - (Às vezes escrito como Satã ou Satan) Termo originário da tradição judaico-cristã e geralmente aplicado à encarnação do Mal em religiões ditas monoteístas. Quer dizer "adversário,acusador" em hebraico.
Samael - Segundo a etimologia, Samael significa Veneno (Sam) de Deus (El). Para as tradições cristãs canônicas, Samael é Lúcifer, o anjo que estava mais próximo de Deus. Ao querer usurpar o trono de Deus fazendo-se igual a Ele, reuniu um terço das milicias celestes e travou uma batalha com as hostes angélicas fiéis, sendo precipitado pelo arcanjo Miguel no Inferno.
Súcubo - Na lenda medieval ocidental, um súcubo (do latim 'succubus', "aquela que está deitada sob") é um demônio com aparência feminina que invade o sonho dos homens a fim de ter relações sexuais com eles. Relacionam-se com os íncubos.
Stolas - Na demonologia, Stolas (também é conhecido como Stolos e Solas), é o Grande Príncipe do Inferno, e tem sob seu comando, vinte e seis legiões de demônios (vinte e cinco segundo outros autores), e ensina o conhecimento da astronomia, plantas venenosas, plantas aromáticas e pedras preciosas.

Tânatos - Personificação da morte na mitologia grega. É irmão gêmeo de Hipnos, deus do sono.
Tamuz - Forma por que os semitas conheciam Adônis, da mitologia fenícia, companheiro de Asterote/Astarté, a Rainha do Céu. Era um deus da vegetação.
Tengu - Os Tengu são criaturas fantásticas do folclore japonês, uma espécie de duende cujas lendas possuem traços tanto da religião budista quanto da xintoísta. Habitam florestas e montanhas. O traço físico mais marcante dos Tengu são seus longos narizes.

Xaphan - No livro de Collin de Plancy, o 'Dictionnaire Infernal', Xaphan é um dos Anjos Caídos. Ele se rebelou com Satanás, e é um demônio de segundo posto. Ele ficou conhecido por ter uma mente inventiva e surgiu com a ideia de atear fogo ao Céu antes que ele e os outros rebeldes fossem expulsos.

Yama - Deus hindu da morte, encontrado nos Vedas. Já no Budismo e na mitologia chinesa, Yama é um juiz dos mortos.
Yen-lo - Uma das formas chinesas do nome de Yama.
Yan-gant-y-tan - Nome de um demônio da antiga Bretanha (atual Grã-Bretanha). Colin de Plancy, no 'Dictionnaire Infernal', dá o significado do seu nome como 'Wanderer in the Night' ("Peregrino da Noite"), mas a tradução do seu nome do idioma bretão parece ser cognato de 'John with the Fire' ("João com o Fogo"). Encontrá-lo é sinal de mau presságio.

Zarakzer - Demônio astuto de roma

Fonte: Wikipédia

Adaptado do jknow.wordpress.com e www.jovensadoradores.com

0 comentários :

Postar um comentário