http://folhanewsletter.blogspot.com.br

terça-feira, 2 de abril de 2013

Marcos Feliciano e sua suposta renuncia


Recentemente, o deputado Marcos Feliciano postou um vídeo na internet com o título “Pastor Marcos Feliciano renuncia”. Todos que são contrários a ele foram com uma sede ao pote e alegres para verem um vídeo que trataria da renuncia do deputado como presidente do “CDMI”, mas não foi isso que aconteceu, o vídeo era uma ironia do deputado, onde ele tentava apontar a guerra mentirosa contra ele, além do desafio religioso que esta enfrentando, e no final, com ele chorando, vemos que o deputado estava renunciando tempo com a família e afazeres para lutar pela família, para lutar por cada um como presidente da Comissão, pois ele iria continuar.

Será que a ironia do deputado funciona? Será que esse homem vai ter pulso para aguentar as pressões? Isso eu não sei, mas sei de algo interessante, a capa da revista “Isto é” vem com o título: “Marcos Feliciano, o homem que desafia o País”, que moral este homem esta tendo, que coragem ele esta demostrando, acredito que se fosse outro homem que estivesse neste posto não aguentaria a pressão, como conheço Marcos Feliciano como pastor, e sempre sua personalidade de coragem e atitude pregando, vejo que da mesma forma ele tem feito para enfrentar os gigantes que se opõe a ele.

Todos podem criticar o deputado, mas não vamos esquecer de tudo que acontece a sua volta, não vamos esquecer que a mídia está dando muito ibope para Marcos Feliciano enquanto Genuíno está de volta ao governo, não vamos esquecer que a maioria dos políticos não batem no peito pra dizer no que acreditam, como este homem está fazendo. Então, o Pastor e deputado Marcos Feliciano não pode ser apenas condenado, temos que buscar conhecer tudo a volta, aceitar seus pedidos de desculpas e dar um voto de confiança as suas declarações de que não é homofóbico nem racista, e que foi mal interpretado, apenas vamos deixar ele trabalhar, e ser julgado pelo que ele fizer ou não fizer, porque ele não trabalhou ainda para ser condenado, não dizemos que palavras não bastam, mas sim atitudes. Vamos ver ele agir e criticarmos isso.”


Por Victor dos Santos - Twitter:@victoorSts | Folha Newsletter Guest Post

Edificando Altar


Que ter seus artigos publicados aqui? Contate-nos!

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...