http://folhanewsletter.blogspot.com.br

terça-feira, 9 de julho de 2013

Atchim

Estamos no inverno, à estação mais fria e seca do ano.

Com este clima ameno, a proliferação de vírus e bactérias é inevitável e consequentemente acabamos ficando com maior risco de adquirir doenças que atacam o sistema respiratório, como por exemplo, a gripe.


Segundo o pneumologista Wagner Paschoalino, isso acontece devido às bruscas mudanças de temperatura e ao ar seco, que resseca a mucosa nasal, permitindo que os vírus se instalem mais facilmente no nosso sistema respiratório.

Ele diz que para se precaver é necessário evitar aglomerações, lavar bem as mãos, tomar bastante liquido não colocar as mãos na boca, evitar coçar os olhos e o nariz, sempre que possível utilizar soro fisiológico para lavar e umedecer as narinas e se possível fazer também uso do umidificador de ar.

O especialista, também ressalta a importância da vacina do vírus H1N1 no grupo de risco, que é formado por gestantes, idosos, crianças menores de dois anos e pacientes com doenças crônicas. Segundo Dr. Wagner, os sintomas causados pela gripe comum duram em torno de três dias, enquanto os sintomas causados pela gripe A (H1N1) tendem a se agravar durante este período, outra diferença observada é que na gripe A, a febre permanece constante e alta, enquanto que na gripe comum temos picos de febre, em que a temperatura varia de 36C° a 40°C. Ele ressalta que o numero de casos confirmados este ano esta dentro do esperado e que não corremos o risco de ter uma nova epidemia, assim como ocorreu em 2009.

Além de tudo isso, a fisioterapeuta Fabiana Meirelles ressalta a importância da fisioterapia pulmonar durante este período. Com o clima seco e a umidade do ar relativamente baixa, ficamos com dificuldades respiratórias. Essas dificuldades podem ser amenizadas através de exercícios respiratórios que aumentam a ventilação no pulmão e consequentemente melhoram a respiração.

Fabiana alerta também que neste período, os pacientes com doenças crônicas e os fumantes tendem a sofrer mais, uma vez que o quadro destes pacientes tende a piorar e ficar agudo devido ao clima seco.

Ambos os especialistas concordam que não devemos nos automedicar e ao sentir qualquer sintoma devemos procurar imediatamente ajuda medica, pois um simples resfriado pode se tornar uma pneumonia se não for tratado corretamente.




Por Michelle Franzini Zanin

Escritora e Jornalista | Autora do livro Vida, Ed Zerocriativa

Contato: michelleescritora@yahoo.com.br




Quer ter seus artigos publicados aqui? | Contato para Guest Post

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...