http://folhanewsletter.blogspot.com.br

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Você reconhece a importância do marketing social?


A expressão Marketing Social surgiu por volta de 1971, nos Estados Unidos, e possui ligação direta com vocação filantrópica. Em poucas palavras, ele se refere às aplicações do marketing que ajudam na pesquisa de soluções para questões sociais.
Pelo menos em seu surgimento o significado era puramente esse. Naturalmente, o termo sofreu algumas mudanças com o passar dos anos e, hoje, ao se falar em Marketing Social estamos falando sobre uma tecnologia administrativa relacionada às transformações sociais.

E qual é a grande diferença? Bom, se antes se tratava de pesquisar soluções para questões sociais, hoje ela é a implantação e o controle de programas que se voltem para a aceitação de uma ideia social. Antes, era somente uma tecnologia e, atualmente, envolve-se em todo o processo administrativo que tais soluções exigem. Isso tudo sem deixar de pensar o tempo todo no público alvo.

Não é incorreto dizer que a expressão se tornou, de certa forma, mais completa. Esse tipo de marketing puxa conceitos de segmentação do mercado, pesquisa de consumidores, além de conceitos básicos e muito usados atualmente como comunicação direta e facilitação. Pesando, é claro, no bem estar da sociedade e do indivíduo. Para isso, toda ação precisa ser pautada nos direitos humanos e nos princípios éticos.


E o que isso tem a ver comigo e com o meu negócio?

Absolutamente tudo. Primeiro de tudo, vale lembrar que juntar trabalho com questões sociais é sempre uma boa ideia. Aqui estamos pensando além do que querem que seja feito, estamos refletindo sobre questões, bem, sociais. No papel de cada um para com a sociedade na qual está incluído e, portanto, na qual vive.

Mas vamos falar de questões menos, por assim dizer, puras e nos focar em fatos empresariais. Fazer algo por alguém ou um grupo (público alvo) eleva a empresa a outro nível, um que demonstra sua preocupação com o bem estar social e, mais que isso, faz algo para atingi-lo.


E o que isso tem a ver com o marketing da minha empresa?

Nenhuma empresa (seja pequena, seja média ou grande) possui uma única estratégia de marketing. As coisas não muito mais complicadas do que parecem e exigem uma pesquisa detalhada sobre pontos como: o que as pessoas procuram ao chegar na empresa, o que procuram para chegar à empresa, se elas são atendidas e se são bem atendidas, se seus objetivos foram alcançados.

Essas respostas indicam a melhor estratégia para trabalhar sua empresa. Pensando nisso, não é a toa que um dos mais usados meios de divulgação tem relação direta com a internet.


O Marketing Social ligado às redes sociais

Computador faz parte do dia a dia de uma parcela considerável da população. E nunca antes trabalho e lazer estiveram tão próximos. Antes pesquisas em buscadores e sites eram muito mais separados em seus objetivos. Ainda que hoje ainda siga uma lógica – qual site você está acessando e, então, qual produto pode te interessar – clara e útil, nada mais que uma estratégia, redes sociais se unem cada vez mais intrinsecamente à propaganda.

Não à toa o Facebook ganha destaque e coleta sua renda através de anúncios. Com o dinheiro investido por dia (ou no total) sendo gasto a partir da quantidade de cliques ou “likes” nas páginas. O retorno evidente mostra que, nas horas de lazer, as pessoas são mais propícias a pensar em questões que não se ligam diretamente ao trabalho. Por exemplo, você pode ver um anúncio de um tênis – talvez um que seja feito de materiais mais ecológicos - que te interesse, ou pensar que um serviço específico pode ser excelente para o projeto que você está desenvolvendo.

É por isso que pensar em alguma ramificação sociedade como um dos objetivos a serem alcançados tem sido mais valorizado. Assim como os resultados obtidos com isso. Por que não colocar em prática?


Por Pilar Diniz | SEO Master

+ 55 21 4126-1965
www.seomaster.com.br
Twitter: @seomasterbr

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...